A inspeção predial ajuda identificar possíveis patologias que podem interferir na vida útil dos edifícios, por isso os gestores e síndicos devem estar atentos na frequência em que é feita e nos profissionais que contratam para realizar o serviço.

A inspeção predial, ou popularmente conhecida como vistoria técnica, é um procedimento feito por profissionais especializados, como o engenheiro e o arquiteto, e tem como principal objetivo evitar acidentes ou patologias em prédios. Mas não apenas isso, existem outros benefícios, como a maior segurança para os moradores e frequentadores, valorização do imóvel, aumenta a vida útil dos imóveis, menor necessidade de reparos e assim evitandos gastos desnecessários.
A Câmara de Inspeção Predial do IBAPE/SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de São Paulo), trouxe dados alarmantes sobre os incidentes com imóveis com mais de 30 anos de uso, segundo a pesquisa, 70% dos acidentes prediais foram causados por falhas no uso e falta de manutenção predial, que ocasionou na sua deterioração. Outro dado que apareceu na pesquisa foram as anomalias causadas pelas construções incorretas, o que também pode ser identificada nas inspeções prediais.
Diante disso, é de suma importância que os responsáveis por esses prédios estejam conscientizados da importância das inspeções, e principalmente, que elas sejam feitas com a frequência necessária para prevenir os surgimentos de problemas. Essas inspeções são obrigatórias em prédios residenciais, comerciais e públicos.
Por isso, pensamos em 3 fatores importantes que você deve saber sobre as Inspeções Prediais. Confira!

A inspeção predial é lei

Em alguns municípios a inspeção predial não é apenas uma recomendação informal, mas sim uma lei que pode ocasionar em multa para quem não cumprir. Por isso, os Estados e Municípios têm autonomia para determinar as práticas para cada região.
Mas vale lembrar que esse é um processo para a verificação das condições dos edifícios, portanto mesmo não sendo obrigatório na sua cidade ou município, deve ser feita quando necessária por profissionais especializados como uma maneira de aumentar a segurança.

Como é feita a inspeção predial

É importante que todo o processo da inspeção predial seja administrado por profissionais habilitados. Durante o processo será necessário a participação de profissionais como os engenheiro civil, arquiteto, engenheiro elétrico, engenheiro mecânico, entre outras modalidades da Engenharia, para obter mais informações.
Para que todas as etapas do processo sejam realizadas com sucesso, documentos técnicos são formulados, equipamentos são utilizados e testes locais e laborais são feitos para oferecer o estudo mais detalhado dos problemas do prédio e assim formular soluções para as mesmas.

O que deve ser inspecionado?

Para conseguir avaliar todos os itens importantes do prédio, recomenda-se, principalmente, que na inspeção inclua: revestimento, itens estruturais, impermeabilização, instalações hidráulica, sistema de vedação externo e internos, esquadrias, geradores da edificação, para-raios, cobertura, estrutura de acessibilidade, elevadores, sistema elétrico, equipamentos para combater os incêndios.
O laudo técnico é o resultado da inspeção, esse documento comprova as condições do prédio, seja a parte da estrutura, segurança e conservação. A contratação de um profissional adequado garante a não negligência dos pontos necessários de melhoria dos edifícios e assim os benefícios da inspeção predial serão notáveis.

A AF Empreendimentos possui corpo técnico especializados para realizar o seu serviço, com a certeza de uma inspeção predial com qualidade e processos rigorosos para garantir a segurança de todos que habitam esses lugares.
Fale conosco!

Siga-nos nas nossas redes sociais:
Instagram
Facebook